Clarice escreveu: Para vermos o azul, olhamos para o céu. A Terra é azul para quem a olha do céu. Azul será uma cor em si, ou uma questão de distância? Ou uma questão de grande nostalgia? O inalcançável é sempre azul.
Azul é uma proposta instalativa com narrativas sobre a chuva perto ou longe de casa. Na parede é possível ver uma projeção que lembra uma chuva fina. Quando uma pessoa se aproxima, sua silhueta é demarcada na projeção e o som é ativado com diversos relatos sobre chover em diferentes culturas. Aos poucos a silhueta começa a preencher-se com a chuva.
Instalação com Kinect, projetor, computador, Arduino e caixas de som.